Erros que estás a cometer no Instagram e que tens de parar JÁ


O Instagram é das redes sociais mais populares do mundo. Em Portugal, já conquistou milhares de utilizadores. É até provável que até tenhas vindo parar a este artigo através do meu Instagram (@barbarabacao).


Mas se, ao início, o Instagram era uma plataforma “instantânea”, como próprio nome sugere, hoje em dia já requere muitos cuidados por parte das marcas e dos criadores de conteúdo lá presentes.


Vou saltar a parte das apresentações desta rede social, porque até já tens bastantes artigos aqui no blog sobre o Instagram, e passar directamente para os erros que estás a cometer no Instagram e que tens de parar JÁ. Sim, provavelmente estás a cometer algum destes erros e, assim que o perceberes, mais facilmente o vais conseguir rectificar.


Erros que estás a cometer no Instagram e que tens de parar JÁ


Falta de uma estratégia e meta


Se queres ter uma presença profissional no Instagram, precisas de te comportar como tal. E isso significa estabeleceres uma meta e desenhares uma estratégia para a atingir. Por exemplo, se aquilo que queres é levar tráfego para o teu blog, as tuas publicações devem ter um call-to-action (CTA) nas legendas, a convidar os teus seguidores a visitarem o teu blog.


Ter a conta de Instagram privada


Se aquilo que pretendes é crescer no Instagram, qual é o sentido de teres a tua conta privada? Nenhum! A menos que seja o teu perfil pessoal, e não aquele com o qual pretendes espalhar a tua mensagem e até mesmo vir a ganhar dinheiro.


A realidade é esta: quando os teus potenciais seguidores se depararem com o teu perfil e virem que ele está privado, provavelmente vão afastar-se. Eu sei que o faço sempre! Só sigo uma conta se gostar do conteúdo que ela apresenta. Se não consigo ver o conteúdo, nem me vou dar ao trabalho.


Não responder aos comentários


Os comentários são uma métrica muito importante no que diz respeito ao engagement da tua conta, uma vez que o engagement leva à retenção, o que leva ao crescimento. Se alguém perde tempo a deixar-te um comentário ou mandar-te uma mensagem, é simplesmente indelicado não obterem uma resposta.


Não responderes aos comentários vai dar a imagem de que não estás preocupada/o com os teus seguidores, mas apenas contigo. E já ninguém gosta de ver pessoas snobes nas redes sociais.


Postar sem qualidade


A maioria dos criadores de conteúdo sente uma pressão enorme em partilhar conteúdos frequentemente. Mais do que estarem preocupados com a qualidade (do texto, imagem e relevância), estão simplesmente focados em publicar uma ou mais vezes por dia. O problema é que, nesses casos, a qualidade muitas vezes é sacrificada, e isso é o pior que podes fazer para o teu Instagram.


É preferível postares apenas 3 vezes por semana mas fazê-lo com imagens com qualidade, texto bem escrito, hashtags bem pesquisadas e, claro, com conteúdo que tenha valor – que acrescente algo aos teus seguidores. Lembra-te – qualidade acima de quantidade, sempre!


Não usar hashtags de forma adequada


As hashtags permitem alavancar imenso tráfego, likes e até mesmo novos seguidores, se usadas da forma certa. Cada publicação deve ter as suas próprias hashtags, relacionadas com o conteúdo. E, apesar de teres espaço para usar até 30 hashtags no Instagram, deves usar apenas as que fizerem sentido, mesmo que sejam apenas 5 ou 6.


Faz uma pesquisa pelas hashtags certas e, provavelmente, se o teu nicho for português, usa hashtags em português. Devem ser específicas. Hashtags como #moda estão sobrelotadas, mas #modasustentável já é mais específico e mais direccionado para esse tipo de conteúdo.

Podes ler o meu artigo sobre Como encontrar as hashtags certas para o Instagram para te ajudar neste processo.


Não optimizar a biografia


A biografia no Instagram é um espaço privilegiado para te apresentares a alguém que acabou de aterrar no teu perfil e que não faz ideia do que se trata. É aqui que te deves apresentar. Colocar o teu nome (ou o nome da tua marca), a tua localização e, claro, um resumo do tema que abordas no teu Instagram. Ajuda os teus potenciais seguidores a perceberem se estão no sítio certo.


Escrever em línguas estrangeiras quando o público é português


Esta é das que mais mexe comigo e sobre a qual estou constantemente a falar no meu próprio Instagram e aos meus clientes da Consultoria. O teu público-alvo é português? As marcas com as quais trabalhas são portuguesas ou actuam em Portugal? A tua marca é portuguesa? Queres lançar um produto/serviço em Portugal? Então porque raio escreves as tuas legendas em inglês ou outra língua qualquer?


Por muito bonito que isso te possa parecer, estás a afastar o teu potencial seguidor e acredita que vais perder seguidores por esse motivo. Foca-te no teu público-alvo e, se ele está em Portugal, fala em português. Simples assim!


Concluindo


Há muitos outros erros que podes estar a cometer no Instagram, mas estes são alguns dos principais que verifico em muitas das contas que sigo. Quanto melhor potenciares o teu trabalho no Instagram, mais ele vai crescer.


Queres crescer no Instagram? Adquire o meu ebook “26 Estratégias para Ganhar Seguidores no Instagram” onde te vou revelar os principais “segredos” que passo a todos os meus clientes da Consultoria que pretendem aumentar a sua comunidade no Instagram de forma orgânica e gradual.


153 visualizações

VAMOS COMEÇAR?

Queres agendar a tua primeira sessão de Consultoria ou ainda tens dúvidas sobre como te posso ajudar a transformar o teu projecto online? Contacta-me!

 

Preenche o formulário online ou envia um email para ola@barbarabacao.pt .Terei todo o gosto em falar contigo!