Vence o bloqueio criativo com estas estratégias infalíveis


O bloqueio criativo toca-nos a todos. Pelo menos, é nisso que acredito que acredito piamente. Por muito que sejamos criativos, por muito que adoremos escrever, acabamos por passar por momentos menos criativos. Mas, quando o nosso trabalho depende da produção de conteúdos, temos de encontrar estratégias para não deixar que esses momentos prejudiquem o nosso negócio, ou os nossos projectos digitais.


Acredita, sofri muitos anos com bloqueio criativo. E, se passas pelo menos, sei que partilhas da mesma sensação de frustração e de procrastinação que tanto o acompanha.


Mas queres saber como vencer o bloqueio criativo com estratégias infalíveis? Continua a ler para descobrires quais as estratégias que tenho vindo a pôr em prática e que me têm ajudado bastante a produzir conteúdo interessante para aqui, para o Living in B's Shoes e até para os dois sites do meu trabalho.


Porque acontece o bloqueio criativo?


Antes de passarmos às estratégias, é interessante perceberes que o bloqueio criativo pode ter várias origens, entre elas:

  • Ansiedade

  • Depressão

  • Medo do fracasso e de não seres aceite

  • Perfeccionismo derivado de uma exagerada autocrítica

  • Procrastinação

Geralmente, o bloqueio criativo tem origem no nosso interior e é por isso que, se conseguirmos desenvolver determinadas estratégias, conseguimos melhorá-los.


Não desesperes. Não estás sozinho/a nesta luta e há diversas ferramentas para ultrapassares o bloqueio criativo e escreveres artigos sempre incríveis!


Vence o bloqueio criativo com estas estratégias infalíveis


1 - Muda o que estás a fazer


O cansaço pode prejudicar a tua criatividade. Se estás há muitas horas a tentar escrever, permite-te fazer uma pausa e trocar de atividade. A mim, ajuda-me fazer uma pausa até meia hora. Vou dar um pequeno passeio, faço meditação, lavo a loiça, arrumo a roupa, etc.


Enfim, qualquer coisa que me afaste o pensamento do texto que tenho para escrever, para depois voltar de cabeça fresca. E é geralmente quando o meu cérebro fica liberto da pressão, que me surge novamente a criatividade.


2 - Saber qual o teu melhor horário


Há quem seja mais produtivo durante a noite. Eu trabalho muito melhor de manhã, de cabeça fresca. Mas é importante saberes qual o horário em que és mais produtiva/o, para tirares maior partido dele.


3 - Planeia com antecedência


Falo tantas vezes sobre a importância do planeamento que não poderia deixa-la de fora deste artigo. Para mim, é das estratégias mais eficazes para combater o bloqueio criativo e garantir conteúdos de qualidade.


Até posso não escrever todos os dias, mas tendo um calendário editorial, já sei quais os próximos artigos que tenho para escrever. Quer escrevas todos os dias, quer tires 1 ou 2 dias da semana para escrever, a orientação é fundamental! Aliás, é por esse mesmo motivo que ofereço a todos os meus clientes de Coaching um calendário editorial e que tem ajudado muitos criadores de conteúdo a orientar os seus conteúdos.


4 - Define os temas dos artigos com antecedência


Para além de planear quais os dias em que tenho de me dedicar à escrita e os dias em que quero publicar os artigos, planeio também quais os temas que vou abordar.


No mesmo calendário editorial, que já foi criado a pensar nisso, há uma secção para colocares o tema dos artigos e até mesmo os tópicos que queres abordar. Assim, quando for a altura de escrever, já sabes quais os tópicos que não podes deixar de fora!


5 - Usa música para a concentração


Ainda estava na barriga da minha mãe quando comecei a ouvir música clássica e, talvez por isso, reaja muito bem ao estímulo musical. Neste caso em concreto, ouvir a música certa (sem vozes nem letra) ajuda-me bastante a manter o foco e a abstrair-me de conversas que aconteçam ao meu redor.


Recomendo as playlists para a concentração que encontram facilmente no Youtube que, pelo menos comigo, resultam muito bem. Procura qual o estilo que mais se adequa a ti, desde a música clássica ao lo-fi e deixa que te ajude!


6 - Eliminar as distracções


Para além da música, preciso de desactivar as notificações do telemóvel e do computador para não quebrar a linha de raciocínio com uma notificação qualquer.


Enquanto estou a escrever, tiro até as vibrações para que nada me interrompa e, se possível, isolo-me numa zona da casa onde não esteja mais ninguém.


7 - Uma tarefa de cada vez


É tão difícil resistir às distracções quanto é fazer apenas uma tarefa de cada vez. Com emails a chegarem constantemente, comentários por responder, imagens para o Pinterest e para as Stories a fazer entre tantas outras missões, é difícil ordenar o cérebro a concentrar-se numa só tarefa, mas é importante que o faças.


Enquanto estás a escrever, dedica-te só à escrita. Terás tempo para o resto, uma tarefa de cada vez. Afinal, dizem os especialistas que o multitasking resulta numa quebra de 40% da produtividade.


8 - Bebe cafeína


Se, por motivos de saúde, não puderes tomar cafeína, esquece esta dica. Mas, para mim, mesmo não gostando nem bebendo café, tiro muito partido do chá preto. A cafeína é fantástica para a criatividade e produtividade e começa a fazer efeito passados cerca de 15 minutos. Evito beber à noite para não me atrapalhar o sono mas, de manhã e após o almoço, são um aliado perfeito para a minha escrita.



9 - Dormir


Se o teu cérebro tiver esgotado a energia para aquele dia, nenhuma estratégia irá funcionar a não ser... dormir! Quando acordares de manhã, após uma boa noite de sonho, verás que a tua mente está rejuvenescida e pronta a combater o bloqueio criativo com conteúdo de qualidade.


Conclusão


Todos passamos por fases de bloqueio criativo, mas há várias formas de o ultrapassar. Põe em prática estas estratégias e verás que não voltarás a sofrer com este problema!

0 visualização

VAMOS COMEÇAR?

Queres agendar a tua primeira sessão de Consultoria ou ainda tens dúvidas sobre como te posso ajudar a transformar o teu projecto online? Contacta-me!

 

Preenche o formulário online ou envia um email para ola@barbarabacao.pt .Terei todo o gosto em falar contigo!